BH é uma cidade acessível?

Durante a Semana da Mobilidade de 2017, fizemos o trajeto da cadeira Liliane Arouca para voltar para sua casa.

Os desafios ligados à acessibilidade do transporte coletivo de Belo Horizonte e das calçadas da cidade se apresentam durante todo o percurso e não somente durante a Semana da Mobilidade, mas em todos os dias.

A experiência demonstra o quanto Belo Horizonte está longe de cumprir um dos eixos do Plano de Mobilidade (PlanMob-BH) que trata da ‘Acessibilidade Universal’, por meio da acessibilidade no transporte urbano, acessibilidade em calçadas e travessias, promovendo a inclusão social.