Quantas pessoas compartilham a memória do dia em que tiraram as rodinhas da bicicleta, sentiram o vento na cara, a euforia, a sensação de independência…  e talvez ganharam um joelho ralado depois da primeira curva? E quantas pessoas, agora gente grande, deixaram essa memória para trás, ou acham que bicicleta é coisa de domingo no parque ou de malucas e malucos? Que tal repensar sobre essa sua imagem da magrela?

A bicicleta é o meio de transporte de muita gente, há muito tempo, e em BH não é diferente! Sim, tem quem pedala porque não tem escolha por outro meio de transporte. Também há muita gente que escolheu a bicicleta como seu único ou principal meio de se locomover pela capital mineira. E a rua é espaço público, de todo mundo! Ela não pode ser só dos carros e de outros transportes motorizados, precisa ser compartilhada entre todos os que por ali transitam.

E como compartilhar a rua para que as bicicletas tenham seu espaço garantido? O primeiro passo é reduzindo as velocidades máximas para automóveis, criando espaços compartilhados, as chamadas Zonas 20 e, eventualmente, Zonas 30. Pode-se também construir ciclovias, pintar ciclofaixas e vias compartilhadas. Também é fundamental (!!!) educar motoristas para que estes respeitem a bicicleta quando ela está no mesmo espaço dos carros. Isso tudo e outras medidas tornam qualquer cidade mais acolhedora para ciclistas experientes e, sobretudo, para quem deseja iniciar a utilização dessa opção saudável, sustentável, econômica, rápida e prática! Outra forma de promover o uso da bici é implantando paraciclos, bicicletas compartilhadas, permitindo a entrada da bici em ônibus e metrôs.

O incentivo, a priorização e a infraestrutura para bicicletas estão previstas no Plano de Mobilidade de BH e no PlanBici, mas ainda estamos muito longe da realização das metas previstas. E mesmo assim, com pouca infraestrutura, muita gente pedala e se organiza para que mais gente ainda escolha a bicicleta. Quem sabe não é a hora daquelas memórias passadas voltarem para seu dia-a-dia?

#BHPedala #EuQueroPlanBici