Confira as repercussões das nossas ações e analises nas diferentes mídias.

Além disto, você é jornalista e também quer falar com a gente? Envie um e-mail para nossa Assessoria de Imprensa: comunica.nossabh@gmail.com

Mapa da Desigualdade: Mulheres são maioria das chefes de família em BH, mas os homens continuam com a maior renda 17/06/21 / Noticia Preta

O Mapa da Desigualdade, lançado pelo Coletivo Nossa BH, abordou diversos pontos, entre eles os indicadores sociodemográficos da população de toda Região Metropolitana de Belo Horizonte. O estudo aponta a porcentagem de mulheres responsáveis pelos lares, sendo que a maior representação está localizada em Belo Horizonte, com 44%, acompanhada de Vespasiano com 42% e Sabará com 41%. Quando dividido em bairros, 73% das chefes de família se concentram na região norte da cidade, mais especificamente no bairro Maria Teresa.  

Desigualdade de gênero e de raça é expressiva em cidades da Grande BH / UFMG / 16/06/21

Mulheres negras belo-horizontinas recebem 4,2 vezes menos que homens brancos do bairro São Pedro. Nova Lima tem renda média 1,3 vezes maior que a de BH e 3,4 vezes maior que a de Vespasiano, município de menor renda na Região Metropolitana. Esses são alguns dos dados levantados pelo Mapa das Desigualdades de Belo Horizonte e Região Metropolitana, coordenado e produzido pelo Movimento Nossa BH.

Opinião | BH: 487 bairros e enorme desigualdade de renda, gênero, raça e mobilidade / Brasil de Fato MG / 16/06/21

O que passou pela cabeça de um morador dos bairros nobres da cidade ao se deparar com a projeção da frase “a renda do bairro Belvedere é 38,7 vezes maior que no Grotinha e Jatobá” da foto acima no Edifício JK, no centro de Belo Horizonte? Será que se indignou com o fato de uma pessoa ganhar 40 vezes mais que outra? Ou sua indignação foi pela exposição de seu próprio privilégio?

Demora de ônibus na periferia é constatado em Mapa da Desigualdade em Belo Horizonte – Noticia Preta / 14/06/21

O movimento ‘Nossa BH’ lançou o Mapa da Desigualdade em BH e Região Metropolitana, tendo como foco a acessibilidade e a mobilidade, mostrando quanto o espaço metropolitano é desigual. O mapa aponta o paralelo das regiões onde a circulação do transporte coletivo é baixa chegando a menos de quatro ônibus por hora e alta tendo em média 10 coletivos por hora no ponto de ônibus.

Estudo confirma que ônibus demoram mais em pontos da periferia do que em regiões mais ricas de BH / Itatiaia / 13/06/21

O movimento Nossa BH lançou o Mapa da Desigualdade, que aponta concentração de renda em Belo Horizonte nas regiões Centro-Sul e Pampulha. A pesquisa traz dados inéditos sobre a mobilidade urbana e mostra que os pontos de ônibus, onde passam menos coletivos, estão localizados, justamente, nos bairros mais pobres da capital mineira, que é onde as pessoas mais precisam do transporte coletivo. A região mais prejudicada, como mostra o mapa, é a Nordeste, onde, segundo o coordenador do movimento, André Veloso, há concentração da população negra. 

Mapa aponta as desigualdades entre bairros de BH / Revista Encontro / 09/06/21

Desigualdades de renda, de gênero e de raça precisam ser combatidas, aponta estudo – CMBH / 08/06/21

Mapa das Desigualdades 2021, publicação elaborada pelo Movimento Nossa BH, que mapeia informações sistematizadas e territorializadas sobre as condições socioeconômicas, raciais e de gênero dos bairros belo-horizontinos, foi objeto de discussão em audiência pública da Comissão de Meio Ambiente e Política Urbana nesta terça-feira (8/6). O objetivo é que o diagnóstico apresentado possa subsidiar políticas de enfrentamento às desigualdades e permita o desenvolvimento de medidas que aprimorem a mobilidade urbana e o acesso da população a outros serviços e direitos essenciais.

Estudo revela discrepâncias socioeconômicas e territoriais da cidade – CMBH / 08/06/21

Foi realizada ontem (08/06), uma audiência pública para discutir sobre os dados do Mapa das Desigualdades de Belo Horizonte e Região Metropolitana 2021, que foi lançado no dia 01/06.⠀

Elaborado pelo @movimentonossa BH, o Mapa tem por objetivo mapear informações sistematizadas e territorializadas sobre as condições socioeconômicas, raciais e de gênero dos bairros belo-horizontino. ⠀⠀

Confira agora como foi a entrevista sobre o Mapa das Desigualdades concedida à BandNews FM BH

Mapa da Desigualdade mostra enorme diferença de renda entre moradores de BH / Jornal Estado de Minas / 04/06/2021

Os moradores do Bairro Belvedere, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, têm renda 39 vezes superior se compararmos com os habitantes do Vale do Jatobá, na Região do Barreiro. Bairros da área nobre da capital, em sua maioria, concentram 25% de pessoas negras entre seus moradores. As mulheres são principais responsáveis pela família em 73% dos lares do Bairro Maria Teresa, na Região Norte, e 69% na Vila dos Anjos, em Venda Nova. Esses dados estão reunidos no Mapa da Desigualdade em Belo Horizonte e Região Metropolitana 2021, lançado na terça-feira (1/6), pelo Movimento Nossa BH.

Mapa da Desigualdade: Renda média quase 40 vezes maior expõe abismo entre bairros de BH / BHZ / 03/06/2021

Um único bairro de Belo Horizonte tem renda 38,7 vezes maior que outros três de menor renda média. A informação consta no Mapa das Desigualdades, publicado nesta quarta-feira (2) pelo Movimento Nossa BH. 


Desigualdade pode ser medida e tem perfil bem definido / CBN BH / 02/06/2021

Mapa das Desigualdades da capital e região metropolitana, lançado pelo Movimento Nossa BH, aponta a disparidade de renda, infraestrutura e prestação de serviços públicos entre a periferia e as áreas mais nobres.