Conforme anunciamos no último dia 12, lançamos, em conjunto com vários coletivos da RMBH, a campanha #D1Passo na Metrópole. Como parte do processo, enviamos, por email, no mesmo dia e horário, o Programa de Governo Temático para todas as nove candidaturas e solicitamos uma agenda com elas para que fosse apresentado o Programa.

Na última quinta-feira, dia 13 de setembro, representantes da campanha se reuniram com representantes da candidatura de Fernando Pimentel, do PT. A campanha foi recebida por um dos membros do comitê Azilton Viana. Da parte da #D1Passo, foram representantes do Movimento Nossa BH, Movimento Tarifa Zero BH e Associação dos Ciclistas Urbanos – BH em Ciclo.
Em breve reunião, foram apresentadas as organizações, o histórico da campanha #D1Passo desde 2016 e atual campanha 2018, com uma explicação de cada um dos eixos.

#1 Estrutura e coerência do território da metrópole – Priorizar a equidade de oportunidades no território por meio de uma rede de mobilidade metropolitana que promova acesso às 34 cidades que compõem a RMBH.

#2 Andar e pedalar – Qualificar, estimular e priorizar o caminhar, o uso da bicicleta e outros transportes ativos (não-motorizados) de forma segura e em todos os locais da metrópole, especialmente no acesso à rede metropolitana.

#3 Mobilidade coletiva – Consolidar uma rede metropolitana de transporte coletivo, integrada, diversificada, por meio de vários modos de transporte simultaneamente, com ampla oferta e qualidade do serviço perceptível pelos usuários.

#4 Cargas – Incorporar a logística urbana de forma integrada à política de mobilidade, reduzindo os impactos da movimentação dos veículos de entrega sobre a circulação viária, meio ambiente e vizinhança.

#5 Gestão e recursos – Redefinir e unificar atribuições de gestão e planejamento da mobilidade urbana metropolitana, com reformulação da distribuição de recursos financeiros.

O comitê se comprometeu a levar a proposta ao conhecimento do candidato e dar uma resposta o mais breve possível.
É de se constatar, entretanto, como tendência geral da campanha #D1Passo na Metrópole, que as candidaturas ao governo do estado reservam pouca atenção à questão metropolitana em geral e à questão da mobilidade urbana, em específico. Principalmente se comparadas com a campanha de 2016. Assim, tem-se visto pouca atenção dos comitês e quase nenhum espaço nos programas de governo.
Continue acompanhando a Campanha #D1Passo na Metrópole, e aguarde por mais notícias!

Por ora, estão marcados dois outros encontros com candidaturas:

  1. João Batista Mares Guia – dia 18 de setembro, às 18h
  2. Dirlene Marques – 20 de setembro, às 14h