Inauguração do Espaço de Cultura na Vila Cemig

| Notícias | 0 comentários

Muita música, diferentes artistas, varal solidário, corte de cabelo, rodas de lazer para a criançada, entre outras atividades, tudo regado a alegria e pipoca. Foi assim a festa de inauguração do Espaço de Cultura na Vila Gemig, no último domingo (10). O espaço faz parte do projeto Escola de Cidadania que é coordenado pelo Instituto Macunaíma de Cultura. A iniciativa tem o objetivo de proporcionar acesso à arte e cultura para crianças e adolescentes da periferia, através de oficinas e workshops multidisciplinares no campo das artes e cultura, criando uma visão mais sensível e inclusiva do mundo.

Espaço de Cultura na Vila Cemig / Imagem: Arthur Bugre

As crianças e adolescentes, com idades entre 8 e 17 anos, terão acesso a oficinas de artes plásticas e artes visuais, que estimulam a criatividade e expressividade de forma lúdica, até a produção cultural com entrega de artesanatos, pinturas e a elaboração de uma intervenção artística que será apresentada em equipamentos públicos na regional Barreiro. Este projeto atenderá pelos próximos 14 meses.

Só para você ter uma ideia, são oferecidas gratuitamente 8 atividades: 

  • Percussão;
  • Dança Afro;
  • Literatura e Cordel;
  • Teatro;
  • Ateliê livre de Artes;
  • Hip Hop;
  • Leitura
  • Cinema e Fotografia;
Espaço de Cultura na Vila Cemig / Imagem: Arthur Bugre

“A ideia é valorizar a cultura e aproximar a comunidade. Foi a própria comunidade que deu o nome para essa casa de ‘Espaço de Cultura’. E a proposta é oferecer às 8 oficinas que interagem entre si”, ressalta o coordenador do projeto Escola Cidadania,  Rodrigo, mais conhecido como Sidão.  

Sidão, coordenador do projeto Escola de Cidadania /Imagem: Arthur Bugre

A coordenadora artística e  pedagógica do projeto Escola de Cidadania Dulcinea Do Carmo, mais conhecida como Dulce, explica que a Vila Cemig, no Barreiro, é uma das áreas mais violentas de Belo Horizonte e necessita de atividades culturais para ajudar no resgate da autoestima das crianças e adolescentes e, para empoderar os pais e responsáveis que em sua grande maioria são negros. De acordo com o Relatório do Índice de Vulnerabilidade Juvenil de Belo Horizonte, a Região do Barreiro tem a maior nota média, 49,5 de assassinato de jovens enquanto o menor valor médio foi registrado na regional Centro-Sul, 24,3.  O relatório foi feito pela Prefeitura de Belo Horizonte em parceria com o Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública – CRISP/UFMG. 

Dulce ressalta que o Espaço Cultural vai realizar as atividades de forma integrada: “Uma das atividades que o projeto vai entregar para a comunidade como atividade final será uma apresentação teatral. Então a dança vem como complemento, a percussão como complemento da dança e por aí vai. Outra exemplo é a oficina de artes. Além da elaboração da cartilha com a programação do espetáculo, nessa entrega final, nós também vamos entregar as bonecas pretas Abayomi que vão ser produzidas aqui. Elas são feitas de tecidos e são símbolo de resistência, tradição e poder feminino. Em  Iorubá o significado de Abayomi é ‘você é precioso para mim’. 

Dulce, coordenadora artística e  pedagógica do projeto Escola de Cidadania /Imagem: Arthur Bugre

Quem não perdeu tempo e já fez sua inscrição durante a festa de inauguração do Espaço de Cultura na Vila Cemig é a Noemi Santos, de 13 anos. Ela está no oitavo ano: “Faço um curso de informática na Escola Municipal Dinorah Magalhães Fabri, que fica na Vila Cemig. Aí avisaram pelo WhatSapp sobre a inauguração do Espaço de Cultura e os cursos que vão oferecer, aí eu vim. Quero fazer hip hop, artes plásticas e teatro.”

Espaço de Cultura na Vila Cemig / Imagem: @carlosta50

A elaboração do projeto do Espaço de Cultura na Vila Cemig foi iniciado em 2018 e é financiado pelo Fundo Criança e Adolescente, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Belo Horizonte. 

O Espaço de Cultura na Vila Cemig vai contar com uma equipe de sete arte educadores e as inscrições vão até dia 30 de março de 2020. Para mais informações:

 Site  https://institutomacunaima.org.br 

E-mail: contato@institutomacunaima.org.br

Fone: 31 99944-9113

O Instituto Macunaíma de Cultura – Escola de Cidadania é uma associação civil, sem fins lucrativos fundada em 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *